Os Saltimbancos Trapalhões Rumo a Hollywood

Amigos em Busca de Salvar um Circo em  Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood.

Os Saltimbancos Trapalhões Rumo a HollywoodO filme Os Saltimbancos Trapalhões: Rumo a Hollywood, pode parecer uma refilmagem do sucesso do ano de 1981, mas pode acreditar que não é.

Só pelo título quem viveu entre as décadas de 70 e 80, se recorda do quarteto formado por Didi, Dedé, Mussum e Zacarias fazendo a maior festa nas telas dos cinemas de todo o Brasil. Poucos sabem, mas este filme fora inspirado em uma das músicas de Chico Buarque e deu sentido a mais uma história cheia de alegria.

Apesar de fazer algumas referências e ainda trazer o nome de alguns personagens, algumas coisas mudaram. Inclusive a quantidade dos trapalhões, já que da formação original, somente dois ainda estão entre nós. Alguns elementos também foram adicionados.

A história se passa em um circo, claro. O Grande Circo Sumatra. Que está beirando a falência e que precisa de ser salvo. E algo que não facilita o salvamento do local que so devia permitir a entrada de alegria, são as más ações de pessoas gananciosas que só querem saber de dinheiro.

Nessa lista de pessoas más, está o prefeito da cidade ( Nelson Freitas, de Muita Calma Nessa Hora e Eu Não Faço A Menor Ideia Do Que To Fazendo Com A Minha Vida) que não quer saber do circo e de seus espetáculos cheios de cor e sim do espaço que ele ocupa e o dinheiro que ganharia utilizando o local para fazer muitos eventos políticos de seu interesse.

Dessa vez, o filme distribuído pela Embrafilme é dirigido por João Daniel Tikhomiroff, de Confia em Mim e Coração Sujo. Que conta a história de Didi e como alguns sonhos um tanto quanto malucos, façam com que ele tenha ideias e inspirações para salvar o circo que tanto ama.

Todos os artistas do circo tentam buscar no fundo nem que seja um pouco de esperança de manter seus empregos e continuar vivendo seus sonhos ali naquele local.

Personagens como o da atriz Leticia Collin, a Karina , buscam organizar um grande espetáculo musical com a finalidade de fazer com que o público volte a frequentar o local para reverter a situação ruim da falência.

O roteiro não tem uma temática muito profunda, mas mesmo assim não deixa de abordar temas importantes. Um desses temas é a presença e utilização de animais nas apresentações circenses. Além do principal, que é a diminuição da ida de pessoas aos espetáculos antes tão cheios.

Os trapalhões Dedé e Didi são parte mais do que importante no filme. Que apesar da passagem do tempo, ainda são protagonistas de cenas e momentos cheios de diversão.

Esta produção tem um tom emotivo e cheio de nostalgia, mas ambos os elementos bem dosados pela direção. As cenas que fazem emocionar são um marco do filme. Além de ser uma bela e digna homenagem aos velhos tempos.

Trailer:

Next Post